Iande - Arte com Historia Iandé - Casa das Culturas Indígenas
a arte do Brasil feita em comunidades tradicionais
localize-se> Página Inicial> Música Indígena> Amjëkin

 

Música Indígena

Ashaninka: Homãpani
The Bororo World of Sound
Caiapó Metutire
Eu sou Fulni-ô
Fulni-ô: Fethxa
Fulni-ô: Flêetwtxya
Guarani: Aldeia Araponga
Cânticos Eternos Guarani
Guarani: Mbae'pu Ñendu'í
Guarani: Ñande Arandu Pygua
Guarani: Ñande Reko Arandu
Guarani: Nhamandu Werá
Guarani: Tery Maraë-y
Guarani: Yvy Ju
Irantxe: Nós cantamos bonito
Vozes Kaingang na Aldeia Grande
Canto Kaiowá
Kapinawá: benditos... e toantes
Cantos da Tradição Karajá
Katukina: Txiriti
Krahò: Todas as Sementes

Mehinaku: message from amazon
Índios Pankararu
Cantam os Suruí de Rondônia
Tapeba: quem deu esse nó

Música Cerimonial Terena
Timbira: Amjëkin
Cantos Dançados Tuyuka
Wapichana: Parichara Wapichan
Wayana du Litani
Xavante: Etenhiritipá

Xavante: Salve o Cerrado
Cantos da Festa Yanomami
Vários: Asurini et Arara
Vários: Brasile - Música Indígena
Vários: Canto das Montanhas
Vários: Ponte entre Povos
Vários: Ritos de Passagem
Vários: União dos Povos

 

ver os CDs à venda na loja virtual




cadastro para receber
boletim de histórias
 

amjëkin:musica dos povos timbira

Amjëkin - Música dos Povos Timbira
gravado por índios: Canela-Apãniekrá, Krahò,
Krikati, Canela-Ramkokamekrá,
Gavião-Pykopjê e Apinajé
local: Tocantins e Maranhão
 
lista de músicas

Disco 1 (Canela-Apãniekrá)
01.cantiga de final da reclusão
(abelha tataíra / arara)
02.cantiga da machadinha
03.cantiga de animação, entardecer
(peixe morto que cai)
04.cantiga da noite
(cabeça do caititu)
05.cantiga de tora, da manhã
06.cantiga da madrugada (embira)
07.cantiga de chamamento
(gavião está pegando o papagaio)
08.cantiga de chamamento
09.cantiga de tora (saudações)

Disco 1 (Krikati)
10.cantigas da noite ( mão do macaco)
11. cantigas da noite
12.cantigas da noite (capivara)
13.cantiga de animação ao anoitecer
14.cantiga da noite (peixe)
15.cantiga-convite, ao anoitecer
16.cantiga de animação para a noite
17.cantiga de animação (abelha)
18.rito Pepkahyc
19.cantiga da noite
20.cantiga da madrugada e do amanhecer para acabar a tristeza

Disco 1 (Canela-Rankokamekrá)
21.cantiga do entardecer (enxergou a alma e canta acompanhando a alma)
22.cantiga de chamamento
23.cantiga da madrugada
24.rito Pepkahyc
25.fim da festa de reclusão
26.rito Pépkahyc
27.cantiga da manhã (filhote de gavião
28.cantiga da boca do sol - pytjarkwa
29.cantiga de tora, fim da reclusão
30.cantiga de Vy'ty
31.cantiga da festa de prisão
32.rito Këtwayë

Disco 2 (Gavião-Pykopjê)
01.encerramento do rito Vy'ty
02.rito Vy'ty
03.festa de iniciação das meninas
04.cantiga do meio dia
05.festa do Vy'ty
06.festa do Pyrkahyc
07.convite para reunir as pessoas
08.cantiga de animação, festa do Vy'ty
09.festa do Pyrkahyc
10.cantiga após a corrida de tora
11.cantiga de animação, à noitinha
12.cantiga da tarde
13.cantiga da noite
14.Maria Lucia Crycatac
15.brincadeiras de homens e mulheres
16.recitativo (peteca da palha de milho)

Disco 2 (Gavião-Pykopjê)
17.cantiga convite
18.cantiga de animação
19.cantiga-convite (juriti)
20.cantiga da tarde (tucano)
21.cantiga de animação (água)
22.cantiga da noite (peixes/caititu)
23.cantiga de animação (banana)
24.cantiga de chamamento
25.rito Pepkahyc
26.cantiga da madrugada
27.canto das mulheres krékré (sem compromisso, solteiras e viúvas)
28.cantiga de animação (gavião)

Disco 2 (Apinajé)
29.cantiga de festa, à noite
30.cantiga de animação (juriti)
31.festa Hõkrepôj Rundi
32.cantiga de roda
33.cantiga da noite (socó)
34.festa Hõkrepôj Rundi

Disco 3 (Krahò)
01.rito Pepkahyc
02.rito Vy'ty
03.narrativo sobre histórias antigas
04.cantiga da madrugada (açaí)
05.rito Pepkahyc
06.cantiga da machadinha
07.cantiga da noitinha (raposa)
08.cantiga da lontra
09.cantiga de animação, à noite
10.rito Pepkahyc
11.cantiga-convite (caititus)
12.cantiga da noite
13.cantiga da tarde (entardecer)
14.cantiga das festas de tora e da batata
15.cantiga das festas de tora e da batata
16.cantiga das festas de tora e da batata
17.cantiga de brincadeiras
18.cantiga de maracá
19.cantiga da noite, para brincadeiras
20.rito Pepkahyc
21.cantiga da tarde (besouro serra-pau)
22.cantiga da tarde, após corrida de tora
23.cantiga de chamamento
24.cantiga da tarde, após corrida de tora
25.cantiga de ninar
26.rito Vy'ty
27.cantiga de animação, à noitinha
28.cantiga da tarde (água do côco)
29.cantiga da corrida de tora
30.cantiga da tarde (caitutu/veado)
31.cantigas da noite, só dos homens
32.cantiga para festa de corte de cabelo e de fazer paparuto (comida ritual)
33.festa do Pepkahyc
34.cantiga da noite (caititu)
35.cantiga para acorda o povo
36.cantiga da noite
37.cantiga da noite

 

Para saber mais sobre as canções:
É necessário dar os Parabéns a todos os envolvidos nesse projeto. Esse disco triplo, realizado pela Associação Vy'ty Catë dos Povos Timbira do Maranhão e Tocantins e o CTI - Centro de Trabalho Indigenista; e patrocinado pela Petrobrás; reúne amostras do rico repertório musical dos povos Timbira. Esse é um nome utilizado por cronistas e poetas para se referir a diferentes etnias indígenas que habitam o cerrado do Tocantins e Maranhão. Foi gravado durante o I Encontro de Cantadores Timbira, realizado em Carolina, no Maranhão, em 2004.

O encarte do disco conta com dezenas de fotos e explicações sobre o tema de cada música e a ocasião em que é cantada.

Um dos aspectos mais interessantes do projeto é a formação de pesquisadores musicais entre os próprios índios, para preservação da memória coletiva dos povos e intercâmbio entre eles.

Um fragmento do texto que acompanha o disco:
"Tudo que existe no universo "natural" Timbira tem o seu canto: das pequenas bolhinhas d'água formadas pela rãzinha amarela quando respira, à luz diáfana que emerge dos aerólitos; das cores inusitadas de determinadas joaninhas à forma delicada do menor dos arbustos e florzinhas do cerrado; da elegância do caminhar da onça à graça do redemoinho no cocoruto de um pequeno marsupial, tudo que é diferencial e inusitado dos e nos seres é cantado. Este é o universo dos cantos que vocês ouvirão."

 
 
Iandé - Casa das Culturas Indígenas: rua Augusta 1.371 , loja 07 - Galeria Ouro Velho - São Paulo
Horário de funcionamento:   segunda a sexta
das 9:00 às 17:30h
fone: (11) 3283.4924
email: email@iande.art.br