Iande - Arte com Historia Iandé - Casa das Culturas Indígenas
a arte do Brasil feita em comunidades tradicionais
localize-se> Página Inicial> Música Indígena> Cantos da Aldeia Araponga

 

Música Indígena

Ashaninka: Homãpani
The Bororo World of Sound
Caiapó Metutire
Eu sou Fulni-ô
Fulni-ô: Fethxa
Fulni-ô: Flêetwtxya
Guarani: Aldeia Araponga
Cânticos Eternos Guarani
Guarani: Mbae'pu Ñendu'í
Guarani: Ñande Arandu Pygua
Guarani: Ñande Reko Arandu
Guarani: Nhamandu Werá
Guarani: Tery Maraë-y
Guarani: Yvy Ju
Irantxe: Nós cantamos bonito
Vozes Kaingang na Aldeia Grande
Canto Kaiowá
Kapinawá: benditos... e toantes
Cantos da Tradição Karajá
Katukina: Txiriti
Krahò: Todas as Sementes

Mehinaku: message from amazon
Índios Pankararu
Cantam os Suruí de Rondônia
Tapeba: quem deu esse nó

Música Cerimonial Terena
Timbira: Amjëkin
Cantos Dançados Tuyuka
Wapichana: Parichara Wapichan
Wayana du Litani
Xavante: Etenhiritipá

Xavante: Salve o Cerrado
Cantos da Festa Yanomami
Vários: Asurini et Arara
Vários: Brasile - Música Indígena
Vários: Canto das Montanhas
Vários: Ponte entre Povos
Vários: Ritos de Passagem
Vários: União dos Povos

 

ver os CDs à venda na loja virtual




cadastro para receber
boletim de histórias
 

Porahey Tekoa Guyraitapu Pygua

Porahey Tekoa Guyraitapu Pygua
Cantos da aldeia Araponga

gravado por índios: Guarani
local: Rio de Janeiro
 
lista de músicas
01. Nhande-Já Recó Nhanderopy Ire
02. Oreyvyraijá Verachunú
03. Peju Catu Xondaro-i Xondaria-i
04. Mamopa Japyta Vaerá
05. Mbaracá Mirim Nhamo Pará
06. Mamo Paraguassugüi Re Ju
07. Nhanderu Rocapy Yvotytypy
08. Pejapyssaca-ke
09. Cheru Cheru Canoa Mirim
10. Nhanderu Rocapy Javy-a
11. Pave-i Ja Porahei
12. Nhande-îva Kuery Mborai

 

Para saber mais sobre as canções:
Esse disco foi gravado na Opy - Casa de Reza - da Aldeia Araponga, próxima à cidade de Paraty, no Rio de Janeiro.

É necessário mencionar nesse disco a espetacular faixa "Nhande-îva Kuery Mborai", que resgata uma forma musical das mais antigas da cultura Guarani. Para gravá-la, os índios construíram e reincorporaram alguns instrumentos musicais de sua tradição que estavam adormecidos: como a flauta mimby, os tambores angua-pú, a rabeca de 3 cordas rave-í e o bastão feminino de ritmo tacua-pú.

O índio Karai Ocá apresenta essa música com um belo discurso: "... agora vamos mostrar como se escutava antes. Os espíritos de nossos avós lá em cima agora vão escutar. (...) O que oramos para dormir é para todo o mundo."

 

 

 

 
 
Iandé - Casa das Culturas Indígenas: rua Augusta 1.371 , loja 07 - Galeria Ouro Velho - São Paulo
Horário de funcionamento:   segunda a sexta
das 9:00 às 17:30h
fone: (11) 3283.4924
email: email@iande.art.br